Programa Flora Cristalino

Comunidades e recuperação ambiental

Programa Flora Cristalino em comunidades de
município do Entorno do Parque Estadual Cristalino

O Programa Flora Cristalino tem atuado, além dos trabalhos de pesquisa na região do Cristalino, com um importante envolvimento em comunidades rurais no município de Carlinda, um dos municípios do entorno do Parque Estadual Cristalino. Nestas comunidades o Programa, em parceria com Instituto Ouro Verde, ONG social local, desenvolve ações de capacitação de jovens, sensibilização ambiental e práticas de recuperação de áreas degradadas.

O município nasceu a partir de assentamentos em meados da década de 80 e possui um grande passivo ambiental. A demanda de recuperação de áreas nasceu da organização de proprietários rurais, principalmente ao perceber a escassez de águas em suas propriedades, mesmo estas estando em plena floresta amazônica.

O Programa Flora tem contribuído diretamente com as informações geradas em suas pesquisas, e com profissionais do programa, para a capacitação de jovens moradores das comunidades em temas ambientais, e também, nas ações práticas de recuperação de áreas. Até o momento o Programa contribuiu diretamente: i) realização da primeira oficina sobre levantamento da biodiversidade de fauna e flora das comunidades em Carlinda; ii) visitas às áreas com remanescentes de florestas no intuito de se identificar espécies matrizes para coleta de sementes; iii) oficina de coleta e armazenamento de sementes; iv) estruturação de um banco de sementes na comunidade; v) oficina sobre Recuperação de Áreas Degradadas; vi) acompanhamento e capacitação de jovens da comunidades para estudos sobre flora; vii) estruturação e acompanhamento de um viveiro de mudas, na escola, formado com espécies nativas; e, viii) produção de um diagnóstico sócio ambiental nas comunidades relacionadas ao projeto. Os próximos passos do projeto estão direcionados para: i) a continuidade na formação dos jovens da comunidade em temas de biodiversidade; ii) implementação dos sistemas de Recuperação de Áreas Degradadas em propriedades selecionadas; iii) contribuir na estruturação de Sistemas Agro Florestais em propriedades pré selecionadas; iv) continuidade de identificação de matrizes para coleta de sementes; v) estruturação do viveiro com plantas nativas; e; vi) no monitoramento das atividades já iniciadas, conforme citadas anteiormente.

Desta forma o Programa Flora tem alcançado um de seus importantes objetivos, integrar suas ações de pesquisa e formação de profissionais locais diretamente na comunidade, contribuindo para mitigar os impactos ambientais do passado e formando novos conceitos para manutenção dos remanescentes de floresta da região.